Será que já é possível viajar? Quais são os países que os brasileiros já podem visitar? O número vem crescendo a cada dia e aqui neste post você confere a listinha atualizada (mas lembre-se: a pandemia ainda não acabou e é preciso cautela!)

Estados Unidos e grande parte da Europa continuam temporariamente fechados pra gente, mas outros países começaram lentamente a abrir suas fronteiras.

Brasileiros já podem viajar para 35 países
Brasileiros já podem viajar para 35 países

Veja a lista de países que brasileiros estão autorizados a viajar a turismo!

Albânia

Brasileiros podem viajar para a Albânia como turistas e não precisam de visto. Exigências: uso de máscaras em locais públicos.

Andorra

O país reabriu as fronteiras para todos os países, mas apenas turistas europeus poderão entrar sem fazer quarentena. Todos os demais devem ficar em isolamento durante 15 dias.

Antígua e Barbuda

As ilhas Antígua e Barbuda reabriram suas fronteiras em 1º de junho ( o plano foi dividido em algumas fases). Para entrar no local, é preciso apresentar teste PCR negativo para coronavírus, emitido até 48 horas antes da chegada.

Atenção: Quem não tiver o teste, vai ter que pagar um na hora e ficar em quarentena num hotel durante 14 dias… Outra regra: o uso de máscara é obrigatório em todos os locais públicos.

Armênia

O país reabriu as fronteiras para estrangeiros em 14 de agosto. Para entrar, é preciso ficar em quarentena (14 dias) ou apresentar teste negativo para Covid-19.

Bahamas

As Bahamas retomaram viagens em 1º de julho, mas desde 22 de julho não são mais aceitos passageiros vindos dos Estados Unidos. O que precisa pra entrar: Teste PCR negativo para Covid-19 emitido até 10 dias antes da chegada. Preenchimento obrigatório do formulário Bahamas Health Visa Card. Todos os viajantes precisam fazer quarentena de 14 dias.

dock with cottages
Bahamas

Barbados

Turistas internacionais podem entrar desde 12 de julho. O acesso às praias também está liberado das 5h às 18h30. Passageiros vindos de países com grande número de casos devem apresentar o teste PCR negativo para Covid-19, realizado 72 horas antes.

Se não tiver o exame, terá que fazer na hora e ainda permanecer em quarentena.

Bermudas

O território britânico das Bermudas reabriu para todos os viajantes internacionais desde 1º de julho.

Os turistas devem apresentar teste PCR negativo para Covid-19 feito até 5 dias antes da partida. Os visitantes também precisarão preencher um formulário de autorização de viagem e pagar US$ 75 de taxa, sujeitos a checagem de temperatura no aeroporto e quarentena.

Os visitantes serão testados durante o período que estiverem na ilha e serão solicitados a medir a temperatura e reportá-la online duas vezes por dia.

Camboja

Para entrar no país, cada turista será obrigado a fazer um DEPÓSITO DE US$ 3 MIL (caso seja necessário tratamento médico e outras taxas extras), além de ter um seguro de viagem que cubra gastos de saúde de, no mínimo, US$ 50 MIL.

Acabou? Não! REZA pra todos os passageiros do seu voo estarem saudáveis. Se um estiver com COVID, todos são obrigados a ficar em QUARENTENA por 14 dias.

Croácia
Croácia

Croácia

Desde 1º de julho a Croácia reabriu para turistas de todas as nacionalidades. Quem aí não cruzou com alguma foto da Anitta se acabando nas festas de lá recentemente? rsrs.

Estrangeiros podem viajar para Croácia, desde que apresentem uma razão válida para visitar o país, que poder ser tanto a negócios quanto a turismo. Na entrada, será exigido a comprovação de reserva de hotel e preenchimento preenchimento do formulário EnterCroatia.

Cuba

No momento, os turistas podem visitar apenas partes específicas do país, como Cayo Largo Del Sur, Cayo Coco, Cayo Guillermo, Cayo Santa María e Cayo Cruz.

Viajantes assintomáticos não precisam fazer quarentena. Testes para a detecção de Covid-19 são oferecidos sem custos na chegada ao aeroporto.

Dominica

As fronteiras de Dominica foram reabertas em 7 de agosto para visitantes estrangeiros. É preciso apresentar o teste PCR negativo para Covid-19 emitido entre 24h a 72h antes do embarque.

Dubai (Emirados Árabes Unidos)

Passageiros vindo do Brasil e outros 30 países com alto número de casos são obrigados a serem testados duas vezes ao viajar para Dubai (o exame custa US$ 70). Cada emirado tem suas próprias regras; passageiros que saiam de Dubai em direção a Abu Dhabi também precisarão fazer um novo teste.

Além disso, os visitantes terão de apresentar um atestado médico provando o resultado negativo do teste de Covid-19, realizado com menos de 96 horas da partida (ou seja, mil exames pra provar que você está saudável rs)

Egito

Os voos internacionais foram retomados desde 1º de julho, e brasileiros podem viajar para lá, desde que tenham o visto egípcio.

É preciso ainda apresentar teste PCR negativo para Covid-19 emitido com 48h de antecedência, além de preencher o “Cartão de Saúde Pública” na chegada.

Haiti

O Haiti está oficialmente aberto para o turismo, mas há muita informação desencontrada… Uns dizem que é preciso fazer quarentena de 14 dias, outros que apenas é preciso fazer a checagem de temperatura. É bom entrar em contato com o Consulado do Haiti para confirmar.

Honduras

Honduras reabriu oficialmente em 17 de agosto, permitindo a entrada de visitantes de todos os países, sem distinção de nacionalidade. Basta apresentar teste negativo (rápido ou PCR) para Covid-19, emitido até 72h antes da chegada.

Irlanda

A Irlanda não fechou as fronteiras, mas exige que todos os passageiros recém-chegados sejam encaminhados para quarentena domiciliar por 14 dias.

Jamaica
A Jamaica está aberta desde 15 de junho

Jamaica

Brasileiros podem viajar para Jamaica desde o dia 15 de junho. Um toque de recolher noturno, no entanto, permanece em vigor.

Na entrada do país, é feita a verificação de temperatura. Alguns passageiros poderão ser submetidos a testes para detecção de Covid-19.

Kosovo

O pequeno país está aberto para visitantes estrangeiros sem restrições, embora seja recomendável apresentar um teste negativo para Covid-19 emitido até quatro dias antes da chegada.

Líbano

Os voos internacionais para o Líbano foram retomados em 1º de julho, sem exigência de quarentena para os passageiros. Brasileiros podem viajar para o Líbano com o visto emitido na chegada ao país.

Entretanto, passageiros vindos de países com alto número de casos deverão apresentar testes negativos para Covid-19 realizados até 72h antes do embarque, ou submeter-se a um teste no aeroporto.

Macedônia do Norte

Não há restrições de entrada para a Macedônia do Norte. Grupos com mais de duas pessoas não são permitidos em espaços públicos fechados, exceto menores de 14 anos acompanhados dos pais. Também é obrigatório o uso de máscaras

Maldivas

O turismo internacional foi retomado desde 15 de julho. Não há cobrança de taxas extras, testes negativos para coronavírus ou quarentena para quem não apresentar sintomas. O uso de máscara obrigatório em locais públicos.

México

O México reabriu alguns estados para o turismo internacional, como por exemplo, Cancún, Cozumel e Riveira Maya. O uso de máscaras é obrigatório em locais públicos. Para mais informações, consulte o Consulado.

Polinésia Francesa

A Polinésia Francesa (um dia ainda conheço Taiti e Bora Bora), reabriu suas fronteiras no dia 15 de julho. Para entrar, é preciso apresentar teste PCR negativo obtido até 72 horas antes do embarque.

Também será necessário ter seguro viagem que cubra despesas médicas. Os turistas estarão sujeitos a testagem aleatória quatro dias após a chegada.

Polinésia Francesa
Polinésia Francesa: é preciso apresentar teste negativo para entrar

Quênia

O Quênia reabriu para o turismo internacional em 1º de agosto. Todos que pretendem visitar o país precisam apresentar testes negativos para Covid-19 emitidos até 7 dias antes da chegada.

Reino Unido

A entrada de brasileiros no Reino Unido ainda é tecnicamente permitida, embora seja necessário passar por uma quarentena obrigatória de 14 dias.

República Dominicana

O país entrou na fase 4 do processo de flexibilização, com medidas para ampliar as precauções sanitárias e prevenir novos contágios de coronavírus. O que rola na entrada do país: verificação de temperatura. Passageiros que apresentarem sintomas ou temperatura acima de 38 °C serão submetidos a um teste rápido de Covid-19 e eventual quarentena e tratamento. Será necessário ainda preencher um formulário de Declaração de Saúde do Viajante.

Ruanda

Ruanda está reaberta para turistas desde o dia 17 de junho, sem restrições baseadas em nacionalidade ou país de origem do voo. Teste PCR negativo para Covid-19 emitido até 120h antes do embarque é solicitado. Os passageiros serão testados novamente na chegada.

São Vicente e Granadinas

Ao chegar no aeroporto de São Vicente e Granadinas, os turistas farão teste para Covid-19. Enquanto aguardam o resultado, todos devem permanecer num hotel por 24 horas.

Entretanto, é possível apresentar um teste negativo para o vírus realizado nas 48 horas anteriores ao voo ou um teste de anticorpos feito nos últimos cinco dias.

Qualquer pessoa que teste positivo deverá ficar isolada durante 14 dias em um hotel (quem paga tudo é você!).

Santa Lúcia

Para entrar na ilha caribenha, é necessário apresentar teste PCR negativo de coronavírus realizado dentro de 48 horas após o embarque.

O uso de máscara é obrigatório e as autoridades de saúde podem verificar a temperatura nos passageiros na chegada.

Sérvia

Desde 22 de maio a Sérvia suspendeu todas as restrições de entrada no país para estrangeiros, sem a necessidade de testes ou quarentena. Brasileiros podem viajar para a Sérvia como turistas, sem visto. Atenção: o uso de máscara obrigatório em lugares públicos.

Tanzânia
Brasileiros podem viajar para a Tanzânia

Tanzânia

Não há regras para quarentena, tampouco uso obrigatório de máscara e distanciamento social. Brasileiros podem viajar para a Tanzânia, contanto que obtenham o visto para o país.

Turcas e Caicos

O território britânico das ilhas Turcas e Caicos está reaberto para viagens internacionais desde 22 de julho. Atualmente existe um toque de recolher noturno nas ilha. Desde o dia 5 de junho comércios e restaurantes foram reabertos. Máscara obrigatória em lugares públicos.

Turquia

Oficialmente, o país está aberto para visitantes de todos as nacionalidades, desde que preencham os requisitos usuais de imigração. Brasileiros podem viajar sem visto. Na chegada, os passageiros estão sujeitos à verificação de temperatura.

Zâmbia

Todos são bem-vindos, sem quarentena obrigatória. O visto, que antes era tirado na entrada, agora precisa ser feito pela internet. Na entrada, é preciso apresentar teste PCR negativo para Covid-19 emitido até 14 dias antes do embarque.

Processing…
Success! You're on the list.