Bali, sem dúvida, foi um dos lugares mais instagramáveis que visitei. Cada esquina tem um cantinho fofo para você fotografar. Sem contar os balanços no meio de arrozais e praias paradisíacas. Durante meu mochilão pelo sudeste asiático (visitei Malásia, Singapura, Camboja, Vietnã e Indonésia), passei por cenários incríveis! Confira uma listinha com os melhores lugares para conseguir a imagem perfeita!

1 – Aloha Bali Swing (Bali – Ubud)

O “parque” mais famoso e seguro de Bali. Você escolhe entre dois pacotes, que incluem diferentes cenários. Eles até oferecem vestidos se você quiser tirar fotos no melhor estilo blogueira rycah (achei over demais e passei…). Preço: 350 ou 400 mil rúpias (dependendo do que escolher). É caro, mas oferecem total segurança (tem muitos lugares caquéticos lá… vocês vão ver)

O parque mais famoso e seguro

2 – Wanagiri Hidden Swing (Ubud)

É mais simples, não há seguro de vida. Tem umas cinco atrações, entre elas, esse balanço com asas. Custa mais barato: 50 mil rúpias. Fiquei uns 10 minutos e vazei!

Balanço em Bali
Balanço em Bali
Aloha Bali Swing

3 – Lempuyang Temple (Ubud)

O templo, que fica a duas horas de Ubud (carro), não tem nada de extraordinário, a não ser pelo espelho d`água que os locais “criam” com a ajuda de um celular. E aí, sim, é A FOTO!

Pra sair de lá com fotão é preciso PACIÊNCIA OU SAGACIDADE. Você deve chegar cedo, por volta das 7h. Assim, não pega grandes filas (sim, uma coisa que aprendi na Indonésia: TODO PONTO TURÍSTICO TEM FILA PRA FOTO). Essa aí rola até 3 HORAS DE ESPERA. Ao chegar, você pega uma senha – o negócio é organizado….

Quando gritam seu número, você deve se dirigir ao “cenário”. Não há tempo pra pensar, são umas 5 poses e thats it! “Next pose”, “jump”, fica gritando o “fotógrafo”.

Lempuyang Temple

4 – Blangsinga Waterfall Swing (Ubud)

A meia horinha de Ubud, o “clube” tem ótima estrutura. Rola piscina, restaurantes e fotos em um balanço com vista para essa cachoeira incrível. Não fui, mas muita gente elogia.

Balanço na cachoeira (Foto: Bali Cheapest tours)

5 – Terrace River Pool Swing (Ubud)

Gostaria muito de ter ido nesse, não deu tempo. É imenso, tem balanços, esculturas hindus e campos de arroz. Se você não quiser se aventurar, pode andar pelo parque, tomar um café…

Terrace River Pool Swing (Foto: Bali Cheapest tours)

6 – Swing na Diamond Beach (Nusa Penida)

Localizada no Sudeste de Bali, Nusa Penida é a maior das três ilhas que se forma na região (as outras duas são Nusa Lembogan e Nusa Cemingan). A ilha é perfeita para um bate e volta, já que fica a 40 minutos de Bali, mas se quiser curti-la com mais calma, também rola dormir em pousadinhas.

Entre os pontos turísticos está a Diamond Beach, uma das praias mais maravilhosas que visitei! Ela tem um mirante incrível e rola descer até a praia para dar um mergulho e andar nesse balanço espetacular!

Balanço na Diamond Beach

Eu não pensei duas vezes. Não é baratinho não…. custa 300 mil rúpias (cerca de R$88). Você fica “no ar” durante uns 10 minutos… mas olha, foi uma das experiências mais sensacionais que vivi. Adrenalina máximaaaaa!

7 – Kelingking Beach (Nusa Penida)

O cartão postal de Nusa Penida! Você provavelmente já deve ter visto essa foto rodando o Instagram, né? A praia tem uma formação rochosa chamada de “Tiranossauro Rex”, justamente, por parecer o réptil pré-histórico. É considerado um dos mirantes mais incríveis do mundo!

Kelingking Beach

8 – Rumah Pohon Tree House (Nusa Penida)

Esse ponto ficou famoso por conta dessa casa na árvore com vista para a Diamond Beach. Você paga uma taxa (não lembro agora qto foi) e tira fotos na escada (você tem 4 minutos).

O legal é que é possível alugar essa simpática casinha pra dormir pelo Booking. Eu não sei se toparia porque faz MUITO CALOR, mas dizem que à noite rola uma brisa… vai saber!

Casa na árvore

9 – Gili Trawangan

Esse cantinho ganhou meu coração. As Ilhas Gili estão localizadas a noroeste de Lombok e ficam a 2h de Bali (barco). Minha base foi a Gili Trawangan (porque há mais estrutura), mas também passei por Gili Meno e Gili Air – menorzinhas, mais roots.

Em Trawangan você vai encontrar vários balanços à beira-mar. Eles ficam lotados no sunset (aliás, um dos mais lindos que já vi!). Os bares mais disputados são o Pink Coco e a Vila Ombok.

Gili Trawangan

Também rola fotos incríveis no fundo mar com as famosas esculturas feitas pelo artista @jasondecairestaylor. Você ainda vai ver muitas tartarugas e raias, MAS PELO AMOR, NÃO TOQUE NOS BICHINHOS! Foi triste ver turistas disputando uma selfie com tartarugas. Não curti nadinha…

Lugarzinho fofo que achei em Gili

10 – Padar Island (Komodo)

Vou abrir uma exceção nessa lista. Komodo não fica em Bali. A ilha está localizada a uma horinha de avião de lá. Se você tiver a oportunidade e tempo, coloque mais esse lugar no seu roteiro.

Por lá, você visitar a Padar Island! A maior parte das pessoas visita a ilha para assistir o pôr do sol do topo! A trilha dura uns 40 minutos e você curte esse visu!

Padar Island

Além da Pink Beach (a areia é rosa suave por conta dos corais), tem ainda o Komodo National Park. Por lá, você vai conhecer os dragões de Komodo, lagartos gigantes que podem medir mais de 3 metros de comprimento e pesar até 200 quilos. Vai rolar aquele selfie esperta (mas bemmmm de longe, na foto não parece, mas tô segura!).

Pink Beach

Os dragões possuem 54 espécies de bactérias na saliva…. uma mordida deles e você tá MORTA! Eu fiz todo o meu tour com a empresa Flores XP. Superprofissionais e de confiança!

Dragões de Komodo
Anúncios