Vocês já chegaram em um destino paradisíaco, mas quando se olharam no espelho levaram um susto com a pele ou o cabelo? Eu sou a prova viva disso! No Chile, por exemplo, meu rosto ficou ressecado, e no Marrocos eu só sobrevivi a base do velho “rabo de cavalo” porque não havia escova que penteasse meus fios.

A gente que vive viajando sofre por conta de variações de temperatura e não há nada fútil em dizer: sim, precisamos levar uma nécessaire com cuidados essenciais!

Conversei com a dermatologista Dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da American Academy of Dermatology (AAD), que deu dicas e orientações de como proteger a pele, tanto na praia, piscina, viagens de carro, navio ou avião.

Lógicoooo que a primeira delas é andar sempre com o nosso melhor amigo, filtro solar. Faça frio ou sol, seja na neve ou perto de um vulcão rs.

Confira o guia abaixo com as melhores dicas de beleza!

Viagens de avião

Vai entrar numa aeronave? Hidrate a cútis, girls! Antes de decolar, o recomendável é aplicar uma boa camada de hidratante no rosto e nas mãos, protetor labial, além de creme para a região dos olhos, para evitar o ressecamento.  “Quanto a viagens longas (mais de 6 horas), borrife água termal no rosto, por várias vezes, isso ajuda a manter a pele hidratada contra o ar seco dentro da aeronave. Não se esqueça de retirar a maquiagem durante o voo e procure descansar o máximo possível, para evitar a aparência do jet lag, tão comum em percursos longos”, explica.

IMG_3424.jpg

Quando estiver a uma hora do seu destino, higienize novamente a pele, hidrate e aí sim os BB creams e maquiagens são bem-vindos. “E é importante lembrar de beber muita água. O ideal é tomar uma garrafinha por hora no avião”, recomenda (bem aí também vai da boa vontade da equipe que nos fornecer a bebida ne.. dependendo da cia aérea é um parto pedir água a todo momento)

Para não chegar ao seu destino com bolsas nos olhos, evite ingerir alimentos salgados e os gordurosos também. Mas, caso eles inchem, aplique um creme específico para a área com ingredientes contra a inflamação.

Viagens de navio

Antes do filtro, a dermatologista recomenda o uso de sabonete ou gel de limpeza. À noite, antes de dormir, a maquiagem e resíduos devem ser removidos.

IMG_5934

“O ideal, para quem usa maquiagem diariamente, é ter sempre uma solução ou leite demaquilante para ser utilizado à noite antes de lavar o rosto. O indicado é utilizar o tônico ou adstringente com extratos de romã, malva e linho ou a flor de Edelweiss (que tem poderosa ação antioxidante), pois são importantes para manter a integridade da pele no pós-sol. E se desejar, por fim, indicamos o uso da água termal ou hidratante antioxidante com SuperOx C e Ascorbosilane C ”, afirma.

Viagens de carro

Quanto ao ar-condicionado, de modo geral, tanto no carro ou ambientes, em função da redução da umidade do ar, a pele e os cabelos ficam mais ressecados e expostos ao envelhecimento. “É importante utilizar produtos antioxidantes, com ativos que agem profundamente na pele e neutralizam os radicais livres, como o OTZ 10 e Vitaminas C e E”, diz a médica. Na hora de se alimentar, prefira lanches leves e frutas, evite muito café, mas exagere na água.

Viagens para destinos frios

Nesse caso, hidratar a pele (e o corpo) é a palavra de ordem. Na mala, lembre-se do hidratante labial, facial, corporal e para áreas específicas como cotovelos e joelhos, além do protetor solar.

IMG_7303

“Não esqueça do cabelo: evite o banho quente e leve uma máscara reparadora capilar”, aconselha. Pacientes de pele seca devem abusar de cremes ricos em óleos e substâncias hidratantes como o ácido hialurônico Hyaxel e DSH CN.

Viagens para destinos quentes

Redobre a preocupação com fotoproteção: reaplique sempre que necessário, proteja o rosto, os olhos e o cabelo. Sempre que possível, evite exposição solar direta, hidrate-se muito bem: água e suco de frutas devem fazer parte da rotina em temperaturas mais quentes.

GPTempDownload(1)

Banhos de piscina — Segundo a Dra. Claudia Marçal, antes de entrar na piscina, é necessário evitar o uso de esfoliantes e sabonetes abrasivos, o que pode tirar a proteção natural da pele. “Recomendamos a escolha também de antioxidantes orais como a Vitamina C, Vitamina E, licopeno e luteína, em fórmulas que associem também Polypodium Leucotomos, Pignogenol, FC Oral, Bio-Arct e Exsynutriment. Os ativos ajudam a fortalecer a função de barreira da pele e a proteger do sol, evitando as queimaduras”, diz.  Não se esqueça de proteger os cabelos também com produtos que neutralizam os efeitos do sol e do cloro da piscina.

Areia e banhos de mar — A água do mar e areia relaxam e revigoram o corpo, contudo, é preciso se atentar a algumas questões que trazem danos à pele. “É importante mencionar a possibilidade de contrair infecções, provocadas por fungos e bactérias presentes na areia. A pele pode sofrer com micoses, que se alimentam da queratina na epiderme”, afirma. A médica destaca que as virilhas e pés são as regiões mais afetadas, mas não são as únicas a serem atingidas.

Por isso, é importante priorizar a higiene e não ficar muito tempo com o biquíni molhado. No caso da água do mar imprópria para o banho, existe o risco de contrair doenças de pele, por causa da presença de fezes, urina e lixo, por exemplo. Se houver alguma ferida ou corte na pele, o contato com a água do mar pode contribuir para o surgimento de micoses.

Anúncios