Quem não ama viajar pelo Nordeste? Eu sou apaixonada pela região, especialmente, a Bahia. Recentemente, voltei de Morro de São Paulo, um pequeno paraíso localizado a cerca de 248 km de Salvador. Aquela terrinha é um espetáculo à parte e merece toda a sua atenção! Por isso, neste post, te conto tudo o que fazer na tão famosa ilha.

Nesta matéria, você encontra:

Morro-de-São-Paulo-Bahia-21

QUANDO IR

Bahia é uma terra abençoada, né? Rola visitar o ano todo. No verão, é aquele calor bombante e toda a ilha está lotada de turistas. Já na baixa temporada, que vai de agosto a novembro, Morro está mais tranquilo, porém, há possibilidades de chuva. Eu fui no mês de setembro e peguei uma chuvinha safada, mas sempre com algum mormaço. Entretanto, uma semana antes, o tempo estava perfeito. Então, vá na sorte! hahahaha

COMO CHEGAR

Existem três maneiras de chegar em Morro de São Paulo. De avião, catamarã ou de barco + ônibus.

Opção 1: Se você não costuma enjoar com o balanço do catamarã, essa é a melhor opção. Você embarca no porto de Salvador e desembarca direto em Morro. A viagem dura 2h30. Preço: entre R$ 96,50 e R$ 107 por trecho.

Opção 2: Outra alternativa é fazer o semiterrestre. Também saindo do Porto de Salvador, você pega um barco e segue até Itaparica, por 45 minutos. Lá, uma van ou ônibus estará te esperando para levá-lo até o outro lado da ilha, no caso, Valença (são mais 1h30 de estrada). Dali, você embarca em uma lancha rápida e chega em Morro de São Paulo cerca de 15 minutos depois. Preço: entre R$ 96,50 e R$ 107 por trecho.

Opção 3: Prefere algo mais rápido? Dá pra pegar um transfer aéreo, a viagem dura apenas 25 minutos. Preço por cada trecho: R$695.

Eu fechei com a Zulu Turismo. A agência é uma das mais tradicionais de lá e oferece as três alternativas.

mapa-morro-de-saopaulo

Morro de SP fica a 248km de Salvador (Foto: ilhadeboipeba.org)

A ILHA

A vila de Morro de São Paulo surgiu em 1535 na Costa do Dendê, ao norte da ilha de Tinharé. O lugar tem duas ruas principais, onde você encontra bares, restaurantes, lojinhas e caixas eletrônicos. Por isso, sem medo de se perder! Aliás, a ilha é bem segura para uma mulher viajar sozinha. Se joga!

As praias de Morro de São Paulo são divididas em Primeira (mais perto do centrinho), Segunda (mais badalada, com música, festas..), Terceira (bem tranquila), Quarta (aqui você encontra as piscinas naturais) e Quinta Praia. Há ainda a Praia da Gamboa, Praia Linda, Praia da Argila e Guarapuá.

É bom saber: os únicos caixas eletrônicos que existem por lá são Bradesco e Banco do Brasil, mas a maioria dos lugares aceita cartão de crédito e débito. Entretanto, leve dinheiro em espécie.

Rola levar mala grande? O ideal é ir com uma de mão para facilitar o percurso até a pousada (feito a pé). Não há carros ou táxis (é proibido circular com automóveis no Morro). Porém, se precisar de uma ajudinha com a bagagem, há os carrinhos de mão, chamados de “Ubers da ilha”. Os moradores cobram R$5 para carregar tudo.

Quando você chega à ilha, é preciso pagar uma taxa de visitação que custa R$15.

ONDE FICAR

Existem centenas de pousadas e hostels espalhados na Ilha, tudo vai depender do preço que deseja pagar. Há opções que começam em R$100 (diária), algumas das mais procuradas são: Pousada Minha Louca Paixão, Villa dos Corais e Vila dos Orixás.

Os hostels também valem a pena. Eu fiquei no Che Lagarto. O café da manhã custa R$15 e inclui pão, ovo, frutas, sucos, manteiga e geleia (achei que foi justo, já que na ilha tudo é bem caro).

Aconselho se hospedar entre a Primeira e a Segunda Praia, assim você fica perto dos restaurantes, bares, lojas…

Morro-de-São-Paulo-Bahia-15

O QUE FAZER

Além de aproveitar as praias, que vão da Primeira a Quinta – você pode fazer tudo a pé – há inúmeros passeios para conhecer o entorno da ilha. Aqui, também recomendo a Zulu Turismo. A agência oferece os principais tours, com boa infraestrutura.

Praia de Garapuá – o passeio combina transfer em veículo 4×4 e trajeto de barco até as piscinas naturais. E QUE PISCINAS! O tour começa às 10h e, antes de chegar até Garapuá, fazemos uma parada de 30 minutos na 5ª praia.

Depois de uns 20 minutos de estrada, pisamos na paradisíaca praia! São 2km de faixa de areia, muitos coqueiros, mar calminho…. QUE VISÃO!

Mas ainda tinha a cereja do bolo: as PISCINAS NATURAIS. Pegamos um barquinho e em 15 minutos eu tava assim, nesse marzão verdinho e cheio de peixes! Confesso que o tempo não tava muito bom no dia (chovia e fazia sol… rs), mas quando a vibe da gente tá boa, pode vir uma nuvem em cima da cabeça da gente que nos divertimos, né?

Morro-de-São-Paulo-Bahia-20

ALMOÇO: o passeio não inclui refeição, mas você pode rangar no restaurante do Pipoca (figuraça!). Comidinha caseira deliciosa! Também dá pra levar lanchinho na bolsa, sim! Voltamos para o Morro somente no fim do dia, por volta das 16h30.

ATENÇÃO: antes de contratar o passeio até Garapuá, verifique a tábua das marés!

Volta à Ilha – se você não tem muito tempo em Morro de São Paulo, escolha esta opção! O tour é um dos mais procurados e te dá uma visão geral da ilha (tem duração de 8h). São cinco paradas: Garapuá e Moreré, Ilha de Boipeba, Canavieira, Cairu e o Rio do Inferno. Infelizmente, por conta da tábua da maré, não conseguimos visitar Moreré.

O QUE EU MAIS CURTI? A Praia da Cueira, em Boipeba, é DEMAIS! Gamei tanto que, da próxima vez, quero me hospedar por lá. Você fica cerca de duas horinhas neste paraíso, pode almoçar ou não no famoso restaurante Lagosta do Guido, e tem a opção de fazer uma caminhada de 30 minutos até o vilarejo (R$10 por pessoa, com guia).

Morro-de-São-Paulo-Bahia-5

Tirolesa – Gosta de adrenalina? Então, você vai curtir a a tirolesa que vai do Farol à Primeira Praia. São 340 metros de comprimento, partindo de uma altura de 57 metros. Preço: R$60.

Pôr do Sol – Um dos mais belos sunsets que já vi! Dá pra assisti-lo do Forte (uma construção superantiga de 1630) e da Toca do Morcego. O bar, localizado no início do Morro, oferece um ambiente descolado, com comes e bebes e muita música. Depois das 22h, a balada rola solta.

toca-do-morcego-bahia

ONDE COMER

As refeições não são baratinhas para quem vai sozinha para o Morro. Eu consegui achar pratos a R$40 (sem bebida). A maioria serve duas pessoas (em média, custa R$120). Há dezenas de restaurantes deliciosos entre a Primeira e a Segunda Praia.

onde-comer-morro-de-sao-paulo

Um dos pratos do restaurante e pousada SambaSS (Foto: Reprodução/Instagram)

LEIA MAIS:

 

Anúncios