5 gordices (lindas e deliciosas!) que você precisa experimentar em Nova York

A gente sabe que americano é expert em criar lanches deliciosos (e calóricos), né? Pois bem, passei pela Big Apple na semana passada e experimentei as guloseimas que estão dando o que falar em Nova York neste verão. Do Brooklyn à Chinatown, anote as dicas! Se você está de viagem marcada, já vai correndo na esteira para se jogar sem culpa nas gordices! Isso é o que chamo de uma verdadeira food porn! Rs

Eu não curto o bairro de Chinatown (sorry!). Muita gente na rua e a cada passo aparece um oriental te oferecendo algo, quase que te puxando pelo braço… Dessa vez, entretanto, abri uma exceção para conhecer duas sorveterias maravicherry. Só de lembrar já fico aguando…

A primeira é a Wukongus, que vende verdadeiras obras de arte em forma de sorvete. Você escolhe o sabor da bola, a cor do algodão doce e adiciona quantos topping quiser!!! (lógico que coloquei 3645… rs).

IMG_1203
Sente a obra de arte!! hahahahaha Nem queria comer…. rs (Foto: Renata Telles)

 

Optei pelo Caramel Pecan Turtles (caramelo com nozes)  e finalizei com algodão doce, marshmallow, canudinho de chocolate, balas, castanhas, sucrilhos coloridos e por aí vai… rs Paguei a bagatela de $6,99 e posso garantir: foi o melhor sorvete da vida! Eu não queria comer no início de tanta pena… hahahaha Tirei milhares de fotos da “escultura”.

 

18580269_1958126747751955_3160424793971359744_n
Lindo demais ne? (Foto: Wukongus)

A segunda parada foi no Taiyaki NYC. O lugar aberto há pouco tempo vende uma adaptação do taiyaki, doce japonês que dá nome do local. Fui na hora do almoço (estrategicamente para não pegar filas… hehe. Por volta de 12h, quando abre a sorveteria, é supertranquilo e pude degustar minha iguaria sem estresse).

IMG_1183
Queria fazer 1000 imagens antes de comer… hahahaha (Foto: Renata Telles)

Feito de massa de panqueca e recheado com uma pasta doce de feijão vermelho, o bolinho é assado em forma de peixinho (e é usado no lugar da tradicional casquinha de sorvete). São cinco opções de sabores e centenas de toppings. Escolhi um dos mais pedidos, o Unicorn Taiyaki (olha que gracinha na imagem abaixo!). Mais uma vez, de tão fotogênico, tive pena de comer… rs Paguei $7,99.

FullSizeRender
Esse foi o meu sorvete de unicórnio… Lindo ne? (Foto: Renata Telles)

Ainda em Chinatown há a cafeteria Sweet Moment. As bebidas são servidas com cremes nos sabores chocolate, matcha e red velvet. Olhem as carinhas, são muitooo fofas ♥.

FullSizeRender (3)
Café com creme de chocolate, red velvet e matcha (Foto: Sweet Moment)

Também há milk-shakes e sorvetes combinados com diversas frutas. Gamei nessa melancia, mesmo não sendo fã. Acho que vale uma visita, certo? rs

20482137_340929666329679_1117900053512454144_n
Dá até pena de comer… (Foto: @ehgg)

Já em East Village visitei a famosa Wowfulls. Também é uma sorveteria (a portinha é estreita, você não dá nada pelo lugar) e sua casquinha é feita de waffles.

FullSizeRender (1)
Escolhi um sorvete de matcha com balas e calda de caramelo (Foto: Renata Telles)

A guloseima é gigante e assim como as lojas de Chinatown, não há limites de topping. Provei o sabor preferido dos nova-iorquinos, matchá (espécie de chá verde que acelera o metabolismo e queima de gordura.. vai que funciona ne.. hahahaha).

FullSizeRender (2)
Já esse era de vanilla com marshmallow, morango e chocolate… Delicia! (Foto: Renata Telles)

Do outro lado da ilha, no Brooklyn, mais especificamente em Williamsburg, foi a vez de experimentar o tradicional bagel americano. Mas não era qualquer um… Eu, que sou apaixonada por pão, precisava conhecer os quitutes co-lo-ri-dos da The Bagel Store! Os rainbows bagels, de tão fofos, parecem até massinha de criança…

19367259_1401527889939158_4393459013585469440_n
Gulaaaa.. Comprei 4 e deixei até para o café-da-manhã (Foto: The Bagel Store)

Você pode comer com ou sem recheio. Prepare-se para os sabores: nutella, morango, abóbora, tomate seco, cookies, manteiga de amendoim e outras dezenas de opções doces e salgadas.. Minha fome era tanta que comprei 3 bagels simples e 1 com recheio de morango. Exagerei né minha gente?! Aguentei comer metade de um (achei enjoativo, confesso). Os outros eu guardei para o café do dia seguinte. Esquentei no forninho, mas, sinceramente, já não estavam tão gostosos.

IMG_1039
Meu lindo bagel… (Foto: Renata Telles)
20905665_1849891805326178_4959210806102196224_n
Dá para resistir? Você pode escolher entre dezenas de recheios… (Foto: The Bagel Store)
IMG_0680
Escolhi recheio de morango.. É gostoso, mas não consegui comer tudo… Acaba enjoando            (Foto: Renata Telles)

 

Anúncios

Fuja do roteiro “turistão” de NY! Confira dicas de lugares nada óbvios na Big Apple

Empires States? Estátua da Liberdade? Pra que enfrentar horas de fila para conhecer lugares tão batidos? Nova York reserva um mundo de possibilidades! Confira a listinha abaixo e mude seu roteiro!

Chelsea Market –  Visite o complexo gastronômico, localizado no bairro do Chelsea. Ele possui várias lojas onde você encontra vinhos, queijos, pães, acessorios de cozinha, confeitaria, gelatos e restaurantes… Eu souuuu muito apaixonada pelo mercado e sempre que estou na cidade dou uma passadinha!

Adoro os doces, as massas e os azeites trufados e de manjericão de lá! Vale super a visita! Antes de virar mercado, funcionou ali na década de 1950 a fábrica de biscoitos Nabisco – National Biscoit Company, que produz o famoso biscoito Oreo. 

IMG_2105
Doces do Chelsea Market

High Line – Ali pertinho do Chelsea Market localiza-se o parque suspenso de aproximadamente 2,5 km construído em 2009 em uma via férrea elevada de Nova York.  Ele fica a 8 metros de altura e atravessa 3 regiões (Meatpacking, West Chelsea e Midtown West).

IMG_2163
High Line (o parque suspenso de NY)

Metropolitan Museum of Art – Gosta de museu? Não? Mas esse você precisa conhecer! O Met é um dos maiores e mais importantes do mundo! Fundado em 1870 e inaugurado ao público em 1872, ele possui coleção de pinturas europeias, obras da arte antiga e oriental, além de galerias com foco na arte africana, asiática, oceânica e islâmica. Ele tb tem um espaço dedicado a exposições de moda (que amoooo demais!). Nessa edição, eles destacam o trabalho da estilista japonesa Rei Kawakubo, da grife Comme des Garçons, com 150 looks!

19227113_1533847823375083_5958394755212640256_n
Escadaria do Met

Central Park – Ok, você vai querer fazer a famosa foto no memorial Strawberry Fields, dedicado ao cantor John Lennon. Tudo bem! Sem problemas! Mas depois, se perca no parque, faça um piquenique, conheça o Bethesda Terrace (que te dá uma vista linda do parque) e o castelo Belvedere. Ande sem pressa e curta o momento like a new yorker!

IMG_2055
Central Park

Rockefeller Center – Quer ver a Big Apple do alto? Esqueça o Empire States e vá ao topo do Rockefeller. Você pode comprar ingresso que te dá direito a 2 visitas no dia (de manhã e no pôr-do-sol – lindíssimooo!) Sente a vista abaixo! 😍

image
Vista da Big Apple (Foto: Time Out)

Brooklyn Bridge –  Vale a pena gastar um dia e conhecer o outro lado da cidade. Alugue uma bike, pegue um metrô ou atravesse a ponte a pé. É uma caminhada gostosa de 2km e vc faz cada clique lindo! No fim da ponte você encontra um arco-íris com pote de ouro! Brinks! 😬 Na verdade você praticamente dá de cara com o Brooklyn Bridge Park. Basta andar 10 minutinhos. Aí, é sentar na grama verdinha e se deliciar com um gelato! (visite a Brooklyn Ice Factory!)

IMG_2503
Brooklyn Bridge

Brooklyn Bridge Park – Quem estiver em NY até o dia 1 de setembro pode conferir a instalação Descension, do artista plástico indiano Anish Kapoor. Com cerca de 8 metros de diâmetro, a piscina giratória é cercada por um corrimão, convidando o público a olhar suas profundezas… Essa obra já rodou o mundo e é a primeira vez na America do Norte. Amazing pic by @nyclovesnyc. 

18722959_1302274023202582_2169030897628610560_n
Obra do plástico indiano Anish Kapoor (Foto: nyclovesnyc)
IMG_2295
Brooklyn Bridge Park

No verão os parques de NY possuem uma programação incrível de atividades culturais, festivais, shows e se você vai viajar pra lá nessa época não deixe de conferir a programação. Lembro que assisti ao show da Janelle Monroe “di gratis”

🚫Atenção: nada de comprar uma breja e abrir no parque. Em NY, é proibido consumir bebidas alcóolicas em lugares públicos! Mas os americanos costumam adotar um jeitinho brasileiro… eles colocam as garrafas dentro de um saco de pão. Entretanto, você ainda corre o risco de ser pego!

No Brooklyn, a pedida é o Charleston! Sério, melhor dica ever!! Durante o happy hour, na compra de qualquer chopp vc ganha uma pizza! Ok, não vá achando que o prato é feito por um chef italiano. Tenha em mente que é uma pizza americana, mas de graça tá valendo! 😂 E depois que o happy hour acaba eles cobram apenas 1 dolar por cada redonda ❤ O bar é bem no estilo rock n roll e no porão rolam vários shows. Eu, claro, preferi ficar no balcão comendo inúmeras pizzas depois de bater perna pelo bairro o dia todo! End: 174 Bedford Ave – Brooklyn

IMG_2332
A pizza free do Charleston

Williamsburg – Passear a pé por esse bairro é delicioso! Além de lojinhas super cool (você encontra marcas diferentes e foge do fast fashion de Manhattan) e restaurantes de TODOS os tipos, no fim de semana rola feirinha de rua com diferentes artistas e estilistas… Pontos chaves: entre as ruas 11 e Metropolitan Avenue (norte e sul), e entre Bedford Avenue e Kent Street (leste e oeste).

18809419_219714425205655_5380985704195031040_n
Arte de rua

Surf Bar – Andando pelas ruas do Brooklyn descobri o @surfbarbrooklyn . Por um instante achei até que estivesse no Havaí! 😜. A casa é especializada em comidinhas da praia (sea food) e drinks refrescantes como a famosa piña colada e mojito. Tudooo é no mood praiano! E vc literalmente coloca o pé na areia. End: 139 N 6th, Brooklyn 11249

extralargew
Surf Bar (Foto: Divulgação)